A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista – Jennifer E. Smith

Depois de ver a fofa da Giu Fernandes falando sobre esse livro, não tinha como não ficar interessada, não só porque a resenha dela me chamou a atenção, mas a capa também é uma graça. (E lendo o livro você descobre que a capa não é bem o que parece….)

probabilidade_estatistica_amor_primeira_vista_monica_nadalSinopse: Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que senta ao seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

Pitaco: Claramente eu estava louca pra ler esse livro e Jennifer E. Smith não me decepcionou nem um pouco, pelo contrário, conseguiu me surpreender de uma maneira que eu nunca iria imaginar.
O livro conta a ida (involuntária) de Hadley  para Londres, para o casamento do seu pai com “A Britânica”, mas por conta de 4 minutos de atraso ela fica presa no aeroporto e acaba conhecendo Oliver, um britânico charmoso que, por acaso, está na mesma fileira que ela no avião.  No pouco tempo em que passam juntos os dois se conectam tanto, que parecem que são amigos há muito tempo.

“‘De quem é esse casamento? De algum ex-namorado?'”

Apesar de não se aprofundar muito nas características de cada personagem (afinal a história se passa em apenas 24 horas), é quase impossível não se apaixonar por eles, pela relação dos protagonistas, mas também pela relação de Hadley com seu pai, que fora abalada quando seus pais se separaram.
Outra coisa que achei interessante foi a maneira inesperada como a história do Oliver foi desenvolvida. Eu tive a pulguinha atrás da orelha e acabei acertando sem querer, porque a autora não tinha dado nenhuma pista sobre o que estava por vir, o que foi legal e não estragou a “surpresa”.

Muito mais do que o romance, que é uma gracinha, esse livro fala de relacionamento entre pai e filha de uma maneira tão intensa, tão pura e tão linda, que não tem como não se emocionar, principalmente quem também passou pela mesma situação e/ou parecida. Conseguiu me fazer chorar de verdade (coisa rara). Lindo demais. Eu me senti na história de uma maneira que nunca tinha sentido antes. Com livro nenhum.

“Porque – responde baixinho – Porque sempre gostei de ver você brincando pela janela. E não dá pra trabalhar num escritório que não tenha essa vista”

Leitura deliciosa e rápida (dá pra ler em algumas horas). Recomendadíssimo (e favoritado!)!! 😉

Skoob

Onde Comprar

Ps.: Segundo fontes, o livro vai virar filme muito em breve e eu estou doida pra ver, óbvio!!!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s