Belo Desastre e Desastre Iminente – Jamie McGuire

belo_desastre_desastre_iminente_jamie_mcguire

Belo Desastre é um livro super legal que conta sobre Abby, fez tanto sucesso, que a autora lançou o 2º, chamado Desastre Iminente, que está chegando aqui no Brasil agora, e conta basicamente a mesma coisa, só que pelo ponto de vista do Travis.

(Lembram de Midnight Sun, da Stephenie Meyer, que contava Crepúsculo pelo ponto de vista do Edward? Então, tipo isso….)

É tão legal que a Warner Bros., depois de disputar com outras, comprou os direitos de adaptação do livro e muito em breve veremos a cara do Travis (e se faz jus ao livro).

Livro #1 – Belo Desastre

belo desastreSinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube de luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Pitaco: Primeiro preciso confessar que quando eu vi o nome da autora, achei que era um homem, porque pra mim Jamie = Jamie Oliver, logo, era um homem escrevendo o livro e achei que o “autor” tinha sido romântico demais para um homem em alguns momentos, mas daí, quando eu vi a foto da Jamie, tudo fez sentido de novo…. hahahahahah

O livro já começa de maneira empolgante, com uma das lutas de Travis, e continua animado e engraçado. À primeira vista pode parecer que Abby não é afetada pelas provocações de Travis, mas quem é que resiste a Travis Maddox? Ninguém. E não é justamente a Abby que vai conseguir, principalmente quando sua melhor amiga (a America) namora o primo (Shapley) do dito cujo e quando, por destino, as caldeiras de seu alojamento resolvem quebrar e ela é forçada a ir morar com os meninos por um tempinho. E é aí que tudo realmente começa, e Abby percebe que Travis não é exatamente como ela imagina, só um ~corpinho bonito~ com temperamento explosivo, ele é muito mais que isso e vai provando pouco a pouco.

“- Ah, um sorriso. Não sou um canalha completo no fim das contas – ele disse e piscou – Foi um prazer conhecer você, Flor.”

Ao mesmo tempo em que precisa provar à Abby que é diferente, Travis tem que provar a si mesmo que ele é mais do que ele mesmo acredita ser e seu estilo de vida demonstra, e vai precisar controlar seus nervos e as periguetes ao redor se quiser dar conta do recado.
Além disso, a própria Abby precisa saber o que ela realmente quer: uma vida nova que nem de longe remeta ao seu passado conturbado? Ou uma chance única para ser realmente feliz?

O livro é bem divertido, tem uma leitura fácil e rápida e as personagens são bem engraçadas. É impossível não adorar o Travis, e não  simpatizar com o Shapley e com a America. Também estão nos ingredientes, um pouco de drama, ação e suspense e quando você acha que tudo terminou e que não tem mais o que acontecer, BAM! Lá vem mais coisa. E isso é bom. (Enquanto eu lia, as coisas iam se resolvendo, e eu não entendia o motivo de tanta página ainda, mas daí, BAM de novo, e tudo tinha que se ajeitar de novo…)

Apenas queria deixar registrado dois momentos em que eu fiquei triste porque a autora não fez jus às cenas: A luta em Las Vegas. Cadê? É que nem a luta de Amanhecer, que na real não existe? ¬¬
E o acordo com o Adam que ela tinha? Ela ganhou milhares de dólares e não tem nenhuma explicação? Simplesmente um acordo?Mas tudo bem, no contexto geral isso é irrelevante, mas para quem é fã, ficou faltando, viu, Jamie?

Exageros do Travis à parte, o livro realmente é muito gostoso de se ler. E eu recomendo bastante. 🙂

“- Acho que você está cometendo um erro – ela sussurrou – Você não precisa ir àquela festa para conhecer um cara. Tem um que é louco por você bem aqui.”

Skoob

Onde comprar

desastre_iminente_walking_disasterLivro #2 – Desastre Iminente

Sinopse: Quando é demais para amar? Travis Maddox aprendeu duas coisas de sua mãe antes de morrer: Amor rígido; lutar mais. Em Desastre Iminente, a vida de Travis está cheio de mulheres rápidas, lutas subterrâneas e violência. Apenas quando ele pensou que era invencível, Abby Abernathy traz ele de joelhos. Toda história tem dois lados. Jamie McGuire, autora de uns dos bestsellers mais vendidos pelo The New York Times, Belo Desastre, Abby era quem dizia. Agora é hora de ver a história através dos olhos de Travis.

Pitaco: Sabe quando você adora tanto um livro e daí você se empolga com o lançamento do seguinte e  acaba pondo expectativas demais e se frustra? Então, foi isso que aconteceu com Desastre Iminente. Pelo menos pra mim.

Longe de ser ruim, mas em termos de diálogos, e acontecimentos, o da Abby é mais completo.
Podemos dizer que enquanto a Abby narra o que aconteceu entre os dois, o Travis mostra o que ele sentiu. É muito mais sobre sentimento do que o dela. E teria sido perfeito, se não tivesse sido incompleto.

Nesse segundo livro podemos conhecer mais o Travis e entender não só porque ele é como é, um típico bad boy “sem coração”, mas porque ele se encantou tanto pela Abby. Porque a personalidade forte dele é daquele jeito e o que a Abby provoca nele. Além disso, algumas dúvidas de Belo Desastre são respondidas, como o motivo de algumas reações exacerbadas dele, do nome “Beija-Flor” (sim, ela explica! :D), e como era o relacionamento dele com os irmãos, por exemplo.

Depois que eu entendi algumas dessas coisas, acabei defendendo mentalmente o Travis mais ainda da Abby, porque ele tomou alguma decisões sem saber direito o que estava fazendo, e ela só o atacava (ou simplesmente o largava), ao invés de explicar pra ele porque ele estava errado.
Como a parte em que eles voltam de Las Vegas, ela mesma diz que devia esperar um tempo porque a cidade era um perigo e mudava as pessoas, mas ela antes de largar o pobre coitado, apenas disse que era perigoso. Ok, ela sabe porque ela viveu no meio disso tudo, mas o Travis não tinha passado por uma experiência assim antes e merecia mais dedicação da parte dela em se fazer entendida. E caramba! Ele acabou de salvar a sua vida e a vida do seu pai, para de ser ingrata!!

É revelado um Travis muito mais amável e disposto a aprender com seus erros.

“Nós éramos amigos primeiro, e eu não posso te perder Beija-Flor. Eu sempre vou te amar, mas se não consigo te fazer feliz, não faz muito sentido tentar ter você de volta.”

Eu realmente gosto de pontos de vista diferentes, especialmente com personagens que eu adoro, e nesse sentido Desastre Iminente não desaponta. Mas eu achei que muitas coisas ficaram vagas, sem grandes explicações (que eu estava esperando do outro livro ainda e de novas situações que surgiram nesse novo).

Atenção, o parágrafo a seguir pode conter spoilers do 1º livro.

Eu achei que a autora ia fornecer mais detalhes sobre o Travis do que ela realmente ofereceu. Ok, ela falou da mãe, apresentou a família, mostrou algumas passagens, mas só. Ela não trabalhou de fato no que era inédito, que era o que eu esperava, afinal, eu já sabia o que ia acontecer, as cenas, as falas, mas queria mais informações. Explico com um exemplo: Todo mundo sabe que a Abby fez  a tatuagem, que é um marco na história deles, e ela só meio que cita isso. Pô! Ele é um cara tatuado, que se importa com significados, e no livro dele não tem nada sobre como orgulhoso ele deve ter ficado? Do que ele sentiu quando ela decidiu fazer? Oi?

Outro exemplo: As lutas! Nós sabemos que ele luta e sempre ganha, mas poderia ter um pouco mais dessas cenas, como ele se sentia, principalmente quando viu a Abby ser agarrada. Ele devia estar explodindo, mas não tem muitos detalhes.

E o que foi aquele epílogo? Achei que a autora viajou na maionese legal! Totalmente desnecessário e, na minha opinião, extremamente forçado e ridículo.
Poderia ter parado um pouco depois do casamento e pronto. Estaria lindo e deixaria os fãs com gostinho de quero mais, mas de uma forma boa.

Fim do spoiler

Eu consigo resumir assim: Enquanto a Abby mostra a subida da montanha-russa, os momentos que antecipam tudo, as expectativas, o Travis conta, como um carrinho descendo do brinquedo, todo o sufoco, toda a tensão e alegria que ele passou por conta da Abby. E Desastre Iminente é assim, mais intenso.

“Ela é um Beija-Flor. Definitivamente um Beija-Flor.”

Skoob

Onde comprar

Anúncios

11 thoughts on “Belo Desastre e Desastre Iminente – Jamie McGuire

  1. Amooo Belo Desastre ja li cinco vezes, e ao ler Desastre Iminente, notei um erro, a parte em que ela vai embora depois da primeira noite juntos, no outro dia eles se encontram no refeitório, ela finge não ter dado a minima pelo o que aconteceu entre eles, e então Parker aparece para confirmar o encontro, essa parte não é relatada em Desastre Iminente e Travis fica sabendo que ela vai sair com o Parker pela América, e tudo parece estar acontecendo em um único dia, sendo que em Belo Desastre fica claro que foram em dois. Se eu estiver errada, me corrijam, afinal, o Desastre iminente que estou lendo foi o que baixei pela internet.
    BJKS

    • Oi Júlia!

      Eu também li Desastre Iminente não oficial, foi traduzido por fãs, então eu realmente não sei. Mas eu também fiquei confusa em alguns momentos quando teve passagem de tempo. Achei o 1º livro mais organizado, mas daí eu já não sei se foi a tradução ou se foi a autora mesmo.

      Muitas coisas o Travis nem comenta mesmo e não fica tão claro…Eu reli essa parte e realmente ele não comenta. Mas eu acho que são 2 dias mesmo.

      Beijos

  2. Concordo com você!!! Faltou detalhar mais os sentimentos do Travis, ele chegou a ficar até superficial no livro dois

    • Infelizmente a autora não aproveitou todo o potencial que o livro tinha, né, Jéssica?
      Vamos ver se o próximo, “A Beautiful Wedding” vai conseguir cumprir o objetivo… 😉

  3. Pingback: Belo Casamento – Jamie McGuire | Mônicando

  4. Oi, eu acabei de ler desastre iminente e fiquei um pouco confusa com o epílogo e queria saber como você interpretou a parte em que o travis diz que o presente que ele deu para a abby não foi tão perfeito quanto a promoção que ela ”deu” pra ele ai ele diz assim ” eles vão ficar sabendo o que você fez viu ? e as coisas vão ficar complicadas.” e então ela fala ” é sempre assim com a gente.”
    acho que ficou meio confuso mas eu to meio que enlouquecendo com essa duvida,
    desculpe os erros de gramática e agradeço desde já por sua resposta.

    • Oi, Larissa.

      Fui lá ler o epílogo novamente e cheguei a seguinte conclusão:

      O Travis quis dizer que os documentos que a Abby deu pra ele ligando o pai dela ao Benny vão fazer com ele seja promovido no trabalho, já que ali existem provas que os dois (Mick e Benny) tinham negócios juntos.
      Mas ao mesmo tempo ele alerta que por mais que esses documentos ajudem ele no trabalho, os caras são perigosos e que vão tentar alguma vingança, que vão tentar fazer algo contra os dois, e ela diz que nunca foi fácil para ambos ficarem juntos e unidos, que sempre tinha algo ou alguém atrapalhando eles ou tentando separá-los, que isso já é normal, mas que eles vão saber como contornar isso também.

      Deu pra entender? 🙂

  5. Olá. Eu li a trilogia completa recentemente e também fiquei com uma dúvida no epílogo.
    No final tem a passagem de tempo de 11 anos e o Travis diz que ele e a Abby tiveram gêmeos e que a Jéssica parece uma miniatura dele. Ele diz: 40kg de pura maldade (algo assim)
    Só que eu andei pesquisando (podem me chamar de maluca), mas a idade de uma criança de 40kg é de 12 anos…. como isso é possível se tem apenas 11 anos que eles se casaram? isso levando em consideração os 09 meses da gestação e o fato de que em Belo Casamento Abby e Travis se casam de novo 01 ano depois e ela naum está grávida… percebem a falta de lógica?
    Essa menina é terrivelmente obesa ou a Jamie deixou passar esse detalhe, afinal ela naum diz qts anos os gêmeos tem!
    Concordam?!

    • Oi, Priscila.

      Acho que isso é apenas MAIS UM detalhe que a Jamie deixou passar.
      O 1º livro é demais, mas o 2º e o 3º tão cheios de furos e coisas que não fazem sentido, não me espanta esse comentário que você está fazendo. hahahah
      Mas também podem ter duas outras respostas: o erro pode ter sido na tradução, na hora de converter as medidas, já que os americanos não usam “kg” como medida padrão. Outra alternativa é o menino ser realmente grande. hahahahaha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s