Oscar Wilde Para Inquietos – Allan Percy

oscar_wilde_para_inquietosSinopse: Oscar Wilde Para Inquietos é uma aula de filosofia extraída da vida e da obra do consagrado autor de O Retrato de Dorian Gray. Nas frases ditas por Wilde ou naquelas expressas por seus célebres personagens, encontramos uma ironia única e uma sabedoria imortal que refletem o brilhantismo de um homem que aproveitou ao máximo os prazeres da vida, sem deixar de observá-la criticamente. Cada capítulo traz uma frase marcante do escritor, que Allan Percy comenta e desenvolve, entrelaçando-as a pensamentos de pessoas renomadas em áreas que vão da dramaturgia à educação, da música à filosofia. São 99 máximas que tratam de assuntos variados, como amor, dinheiro, amizade e convívio social, com uma linguagem clara que põe ao alcance de todos até mesmo a ideia mais refinada. Você passará a ver o cotidiano sob um novo prisma, irreverente, crítico e, ao mesmo tempo, sofisticado e cheio de esperança. Cultuado por muitos no início de sua carreira, Oscar Wilde chegou ao fim da vida marginalizado pela sociedade. Suas máximas, entretanto, resistiram à prova do tempo e hoje são um guia para os que buscam orientação em assuntos como relacionamentos amorosos, amizades e finanças.

Pitaco: Ok. Eu sou a primeira a confessar que frases célebres, como as de Oscar Wilde, normalmente não precisam de interpretação nenhuma, pois são bem claras e objetivas, mas achei que o autor Allan Percy iria realmente trazer um “algo a mais”. Ele incorporou e citou outros escritores, filósofos e sei lá mais o que, mas não achei que foi o suficiente. As primeiras até são bem legais, mas depois de umas trinta a minha vontade era de jogar o livro na parede.

Explico: Em algumas o autor viajava na maionese e não falava nada relacionado sobre a frase, em outras, citava maneiras de como se viver bem a vida, com aquelas dicas supérfluas e clichês do que ele considera ser uma vida boa, do tipo “seja você mesmo”, “ouça música”, “procure não se importar com os outros”, “não siga a moda” e etc, e em outras, quando ele parava de enrolar e de fato chegava a desenvolver o conceito da frase de Wilde, ele não continuava, e deixava o pensamento, que estava se tornando super interessante, incompleto.
Tudo bem que as próprias frases são sobre se aceitar e meio que tacar o foda-se, sobre agradar a você mesmo e não ao mundo, mas se isso já está claro na citação, o autor não precisa ficar repetindo.

Na verdade, a premissa do livro é bem legal, afinal, misturar a genialidade de Oscar Wilde com outros famosos escritores e pensadores, é uma receita para o sucesso, mas o resultado atingido foi aquém do esperado, foi fraco. Eu penso que realmente teria sido interessante se ele tivesse desenvolvido mais seus pensamentos e não se limitado em apenas uma página, e foi o que não me deixou abandonar o livro, pois eu fiquei imaginando se em algum momento ele iria se aprofundar. E também porque eu não queria abandonar um livro dessa finura.

Mas não deixa de ser interessante ter uma coletânea de frases de Wilde, e fora que a mini biografia do mesmo no final do livro é até que bem completinha. Para um primeiro contato com essa figura excêntrica e fascinante até que é um bom começo, mas não espere nada do livro, pois não irá encontrar mais que dicas bobinhas, achismos e pensamentos chatinhos do próprio autor. Uma pena.

Apesar disso, a diagramação está muito boa e achei a capa muito bonita e arrumada, sem exageros. E dá pra ler super rápido. Se você aguentar.

Skoob

Onde comprar

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s