Bruno Mars: 24k Magic

Depois de 4 anos sem nenhum disco inédito o cantor Bruno Mars liberou 24k Magic, faixa título do próximo álbum, terceiro de sua carreira.
Os últimos trabalhos de Bruno haviam sido a música ganhadora de 2 Grammys, Uptown Funk, em parceria com o produtor Mark Ronson em 2014 e All I Ask, música escrita em parceria com Adele.

A nova música veio a público junto com um videoclipe carregado de muita energia, dança e também muita ostentação, dinheiro e mulheres semi nuas.
O ritmo característico de Mars aparece, mas esqueça as letras fofinhas e românticas pelas quais o cantor é conhecido. Descendo o nível de um jatinho em Las Vegas com sua gangue, fazendo chuva de dinheiro, com direito a closes em bundas femininas e jet ski na fonte do famoso cassino Bellagio, o atual Bruno daria certa vergonha alheia ao antigo Bruno que cantava sobre casamentos, promessas de amor e corações partidos.

Se ele resolveu beber na fonte dos anos 80, do rap e do hip hop, ele também bebe na fonte do que está em moda, a ostentação sem limite, se rendendo e se tornando mais um a fazer o mesmo. Senti que a essência dele está no clipe, com suas roupas coloridas, suas coreografias, sua alegria e seus balanços, mas se perde em uma música fraca e hedonista.

Sou fã do trabalho de Bruno, mas fiquei decepcionada com a música e com o clipe. Acredito que ele, entre poucos, tenha a sensibilidade de cantar com a alma, ao exemplo de When I Was Your Man e Locked Out Of Heaven, mas sem deixar a leveza contagiante de lado, também tem a capacidade de colocar um sorriso no rosto de quem ouve Just The Way You Are ou Marry You, por exemplo. Quando ouço suas músicas eu acredito no que ele canta, acredito em sua história, mas 24k Magic, para mim, não conta nada além de alguém esbanjando dinheiro, pegando menininhas bonitinhas (e fazendo chacota das supostas amigas feias) e sendo mais um idiota. Terminei de ver e a única coisa que senti foi indiferença.

Resta agora aguardar dia 18 de novembro para conferirmos o resultado do álbum completo para termos certeza se esse caminho escolhido continuou ou se foi apenas para chamar a atenção. Bruninho, querido, não esperei 4 anos para ser decepcionada. Olha olha, hein?!

capa_brunomars_magic

Niall Horan: This Town

niall-horan_this-town

E lá vem a Mônica pagar a língua mais uma vez…. hahahah

Ontem foi dia de mais uma surpresa no mundo pop. Niall Horan, do One Direction, lançou sua primeira música em carreira solo. Chama-se “This Town” e ontem mesmo chegou ao topo das paradas no iTunes de 19 países.

A música, calminha e muito gostosa de se ouvir, fala sobre amor, é claro, e foi composta em parceria com Jamie Scott, que fez “Story Of My Life” com o One Direction.

É bom ver que os meninos estão crescendo, amadurecendo e fazendo boas músicas, seja em carreira solo ou em grupo. Que venham mais músicas delicinhas assim para eu viciar ainda mais. 😉

O álbum solo de Niall deve sair em 2017  e eu já estou doida para ouvir.

Spotify x Game Of Thrones

IMG_8281Se você é mais um fã apaixonado pela incrível série Game Of Thrones, pára o que você estiver fazendo e vai checar no Spotify qual personagem combina com você musicalmente.

Sério.

Com o lançamento da nova temporada de GoT marcado para domingo agora (vulgo amanhã), mais uma ação muito criativa foi feita. Utilizando o aplicativo Spotify, várias playlists foram criadas, desde as mais pops, indies, rocks, até as mais tribais, de acordo com o perfil de cada personagem.

Para saber com qual você combina mais, clique aqui.
Se já é usuário do aplicativo, será calculado automaticamente de acordo com o que você ouve. Se não é cadastrado ainda, é possível selecionar até 5 artistas para que o cálculo de compatibilidade seja feito.

Eu achei extremamente divertido o fato de que as playlists levam em conta os títulos e os nomes das músicas/bandas, de acordo com a história de cada um na série. E os fãs que já estão atualizados na temporada que vai estrear em menos de 24h, podem aproveitar ainda mais as piadinhas sobre as músicas escolhidas.

Deixo abaixo alguns exemplos da ótima curadoria que foi feita para o projeto:

  • Cersei Lannister tem músicas como “Material Girl” da Madonna, “Kids” do Sleigh Bells e “Dangerous Woman” da Ariana Grande.
  • Daenerys Targaryen, a mais pop de todas, tem “Dragon Queen” do Yeah Yeah Yeahs encabeçando a lista, “I’m On Fire” do Electrance e “Warriors” do Imagine Dragons.
  • Robb Stark tem em sua lista “Heads Will Roll” do Yeah Yeah Yeahs, “Wolf Like Me” do TV On The Radio e “Seven Nation Army” do White Stripes.
  • Jon Snow apresenta “Wolves of Winter” de Biffy Clyro, “Do I Wanna Know?” do Arctic Monkeys e “The Devil’s Bleeding Crown” do Volbeat.
  • Ygritte – “Coming In From The Cold” do The Delgados.
  • Margaery Tyrell tem em sua lista “Take To Church” do Hozier, “L-O-V-E” da Joss Stone e “Grow” da Frances.
  • Sansa Stark oferece “Run” de Rachel Sermanni, “Carry Me Away” de King Charles e “Youth” de Daughters.
  • A playlist do Kahl Drogo eu consegui imaginar ele ouvindo cada uma das músicas. hahahaha

Não entendi o meu ser a Margaery Tyrell, mas ok. hahahahahah

 

Ouvi: Mind Of Mine, do Zayn

Eu gosto de pop desde sempre, mas nunca me vi fã de Bieber, Zayn, One Direction e demais coleguinhas pops, até 2015 e 2016 me mostrarem que, como diria o grande Justin Bieber, nunca podemos dizer nunca, mesmo.

Eu já disse aqui que as novas músicas do Justin me pegaram desprevenida e me conquistaram, uma a uma. One Direction, após a saída de Zayn, também tem me conquistado, tenho que confessar que não consigo parar de ouvir “Perfect” e achei o clipe incrivelmente perfeito (ok, nem foi de propóstio essa piadinha sem graça). Coloco pra tocar no spotify e deixo lá tocando, repetidas vezes, durante um longo período. Coisa de louca? kkkkkk

zayn-mind-of_mineMas não é só “Perfect” que me deixa assim, quando lançou sua primeira música de carreira solo, chamadaPillowtalk“, Zayn Malik abalou minhas estruturas, viciou meu spotify, enjoou meus fones de ouvido. Virou um sério caso de amor com essa música de pegada diferente, com clima meio sexy, com batidas eletrônicas, vocais  fortes e marcantes. Um claro single maravilhoso.

Então hoje, 25 de Março, o cantor lançou seu primeiro álbum solo, chamado “Mind Of Mine“, com 18 músicas e uma capa muito fofa. (Impressão minha ou faz exatamente 1 ano que ele saiu do 1D?)

Após ouvir o álbum, algumas coisas me chamaram a atenção:

Até a 6ª música não fica muito clara a intenção do cantor, para mim, com exceção de Pillowtalk, não há nada demais ou que mereça grande atenção. Temos músicas medianas, sem grandes explorações vocais (além de em “iT’s YoU“), sem inovações de ritmo/batida e sem grandes novidades musicais no geral.

É depois de “INTERMISSION: floWer” que o álbum começa a destacar a voz, as batidas e se diferenciar de outros artistas do gênero R&B/Eletrônico. Músicas mais animadas, dançantes e menos comuns.
Há claras influências de Usher, Justin Bieber, The Weekend, e algumas introduções me lembraram muito Adele.

É um álbum bom. Tem seus destaques como  BeFour“,rEaR View“, a incrível “fOoL fOr YoU” e as  ótimas e agitadas “LIKE I WOULD” e “SHE DON’T LOVE ME” (impressão minha ou tem uma pegada meio anos 80 essa música?), deixando as melhores para o fim. Mas não se distancia demais de outros artistas pop masculinos que investem em um pop mais parado, mais baladinha do que dançante. Consigo entender porque talvez Zayn não estivesse feliz, musicalmente falando, no 1D, já que é mais calmo do que os álbuns do seu antigo grupo, mas dizer que ele inovou ao extremo, não podemos dizer.

Algumas músicas me passaram a impressão de que não estavam finalizadas, estavam cruas ou sem a merecida produção, como se os arranjos estivessem incompletos e com a pressa foi entregue assim mesmo. Se foi intencional, ok, mas não entendi o motivo.

Vou ser sincera e dizer que esperava mais. Não sei se por ter amado Pillowtalk num nível muito extremo, talvez. Esperava muito mais que um álbum nota 7. Esperava, após todo o barulho que ele fez, mais hits que eu iria amar e menos músicas que provavelmente só ouvirei uma vez, afinal, das 18 músicas lançadas apenas 6 me chamaram a atenção de verdade. Pode ser que no futuro minha opinião mude, mas por enquanto, sigo achando que ele tem capacidade para mais invenções, vocais, letras e ritmos.

Agora, Zayn, gostaria de saber o motivo dessa frescura toda em escrever TuDo aSsIm. CoISa ChAtA e inFaNtiL. ¬¬

Junto com o álbum ele lançou o clipe de “BeFoUR“, sua nova música de trabalho.

Indicações de Snapchat

snapchat-logo

Já tem um tempo que o aplicativo queridinho dos viciados em tecnologia é o Snapchat. Aquele fantasminha em fundo amarelo é a nova febre e, se você ainda não baixou, está perdendo tempo de “entretenimento gratuito”, como diria Thaynara (se esse nome é estranho para você, eu explico mais pra baixo, mas já adianto que ela é a rainha do Snap).

Para quem não sabe, você baixa o app, faz uma conta e posta fotos e vídeos, de até 10 segundos, do seu dia-a-dia. É possível mandar essas mídias exclusivamente para seus amigos selecionados ou colocar na sua linha do tempo para todos os seus seguidores verem.

IMG_7582Daí você me pergunta: E qual é a diferença desse Snapchat para as outras mídias? Simples.
No Snapchat o conteúdo fica disponível para apenas uma visualização para quem você selecionar e enviar ou por apenas 24h na sua linha do tempo.
Quem viu, viu. Se não viu, perdeu. E por conta desse prazo de validade, as pessoas falam muito mais “besteiras” do que em outras mídias, se libertam e não possuem papas na língua, normalmente fazendo graças, piadas e caretas. O que é quase sempre legal.

Além dos desabafos, piadas e confissões, o aplicativo conta com filtros legaizinhos para incrementar o seu conteúdo, é possível desenhar, colocar efeitos e localizações específicas por bairros e também colecionar troféus de acordo com a sua usabilidade. 😉

Se você ficou interessado, o meu é monicanadal e vou deixar aqui alguns perfis bem legais, com conteúdos bem diversos:

Diego Nunes (diegocanunes) 
Marido da blogueira Camila Coutinho, do Garotas Estúpidas, Diego Estourado Pipoco do Trovão começou os snaps tirando sarro da esposa quando foi convidado pela Colcci para visitar a São Paulo Fashion Week. Fez questão de zoar todas as etapas típicas das donas de blogs: escolher look, pedir ajuda para seguidor, fazer dietas macrobióticas e etc, tudo para diversão de quem estava assistindo. Depois do evento ele continuou fazendo graça e hoje acumula cada vez mais seguidores.
Gosto muito dos comentários honestos e irônicos dele. Além disso, ele indica outros perfis muito legais para os seguidores.

Thaynara Oliveira (thaynaraog)
A rainha do snapchat, diva do Kiu, musa do zoom, vem lá de São Luís para fornecer “entretenimento gratuito para seguidor entediado”. Com sua maneira muito própria de falar e um grito de guerra (KIU) que não faz o menor sentido, Thay arrasa e vence cada vez mais na vida, com todos os seus quadros divertidíssimos, seus seguidores famosos (Fernanda Souza, Celso Portiolli, Padre Fábio de Melo e etc) e sua criatividade inacreditável que transforma quase tudo em pauta (e quando não tem pauta, surra de Jade, a poodle sinistra). Quando eu comecei a seguir a moça ela tinha algo em torno de 30k seguidores, hoje, já passa dos 200k. Thay mermã, vamos fazer colegagem sincera? Me adota, Thay. hahahah

Encontro de Thay com Diego foi muito pro meu pobre coração.

Blog Mochilando (mochilando)
Indicação do Diego Nunes, para quem gosta de viagem esse é o perfil para morrer de vontade de jogar tudo pro alto, fazer uma mochilinha e sair por aí pelo mundo.
O blog conta com diversos brasileiros – e alguns gringos – que apresentam vários lugares do mundo. É colaborativo, informativo e muito legal. Pelo aplicativo eu “conheci” o Japão, Veneza, Manaus, China, Londres, Índia e etc. Para deixar qualquer amante de viagens maluquinho.

Padre Fábio de Melo (fabiodemelo3)
Quem alguma vez imaginou que o padre Fábio iria fazer uma conta e se tornar um dos perfis mais divertidos de todos? Eu nunca. hahahaha
Se você não é católico, não se preocupe. Religião nunca é o assunto. O padre faz os comentários mais honestos e engraçados do aplicativo, sobre qualquer assunto: calor, comida, pessoas que gostam de cuidar da vida dos outros (“delegadas francisquinhas”), e muitas outras coisas que você sempre quis dizer, como por exemplo, que o Pequeno Príncipe é um “molequinho chato”. HAHAHAHAHAHAAHA #concordoplenamente
Não estranhe se ele não olhar para a câmera enquanto faz os snaps, ele simplesmente não gosta e acha estranho. Nunca segui o trabalho dele, mas achei sensacional o snap.

Geeohsnap (geeohsnap)
Outra indicação do estourado das galáxias, Diego Nunes, o norueguês possui um talento incrível e criatividade para fazer inveja em metade dos publicitários do Brasil. Ele tira fotos aleatórias de pessoas aleatórias na rua e as transforma em obras de arte digitais.
É realmente impressionante ver o trabalho que ele teve em transformar a foto em algo totalmente inesperado. Além disso, ele é super simpático. E já até agradeceu ao Diego pela indicação com uma foto transformadora bem bacana.
Para ver os trabalhos dele, clique aqui.

John Mayer (johnthekangaroo)
Sim! John Fucking Mayer também está no snapchat e dispensa apresentações. No Snapchat ele mostra suas guitarras, cria música boa, faz graça e nos mata de saudades do show de 2014. É amor na certa para quem é fã. ❤

Espero que gostem das indicações!