Saiu Castle On The Hill, novo clipe de Ed Sheeran

Ed Sheeran, nosso ruivinho favorito, está de volta após um tempo sumido! Depois de quase 3 anos do lançamento do álbum sucesso “X” e de ficar 1 ano longe de suas redes sociais, Sheeran retornou de seu recesso com duas músicas simultâneas lançadas em 6 de Janeiro: Shape Of You e Castle On The Hill.

Em entrevistas revelou que tinha mais de 230 músicas prontas para serem selecionadas ed_sheeran_dividepara o novo trabalho, das quais 12 serão apresentadas no dia 03 de março, no novo álbum que se chamará ÷ (fala-se “divide”).

De acordo com uma entrevista ao Breakfast Show, programa da BBC Radio 1, Ed disse ter escrito Shape Of You para a cantora Rihanna, mas acabou desistindo ao perceber que algumas frases não eram muito o estilo dela. Sorte a nossa, pois a música foi lançada como single, já está tocando nas rádios e tem versão lyric video e clipe.

Castle On The Hill, acaba de ganhar um clipe lançado hoje, que conta com a participação de amigos reais do ruivo. Bem legal, hein?

Pelo que podemos ver ele não está de brincadeira e 2017 promete ser mais um ano regado de muito Ed Sheeran. Eu não sei vocês, mas estou doida para ouvir o trabalho completo dele. Chega logo, dia 03 de março!!

Atualização em 30/01/2017

Mais um tiro do sr. Sheeran! O cantor acaba de divulgar o clipe da música Shape Of You, que você também confere aqui. 😉

Bruno Mars: 24k Magic

Depois de 4 anos sem nenhum disco inédito o cantor Bruno Mars liberou 24k Magic, faixa título do próximo álbum, terceiro de sua carreira.
Os últimos trabalhos de Bruno haviam sido a música ganhadora de 2 Grammys, Uptown Funk, em parceria com o produtor Mark Ronson em 2014 e All I Ask, música escrita em parceria com Adele.

A nova música veio a público junto com um videoclipe carregado de muita energia, dança e também muita ostentação, dinheiro e mulheres semi nuas.
O ritmo característico de Mars aparece, mas esqueça as letras fofinhas e românticas pelas quais o cantor é conhecido. Descendo o nível de um jatinho em Las Vegas com sua gangue, fazendo chuva de dinheiro, com direito a closes em bundas femininas e jet ski na fonte do famoso cassino Bellagio, o atual Bruno daria certa vergonha alheia ao antigo Bruno que cantava sobre casamentos, promessas de amor e corações partidos.

Se ele resolveu beber na fonte dos anos 80, do rap e do hip hop, ele também bebe na fonte do que está em moda, a ostentação sem limite, se rendendo e se tornando mais um a fazer o mesmo. Senti que a essência dele está no clipe, com suas roupas coloridas, suas coreografias, sua alegria e seus balanços, mas se perde em uma música fraca e hedonista.

Sou fã do trabalho de Bruno, mas fiquei decepcionada com a música e com o clipe. Acredito que ele, entre poucos, tenha a sensibilidade de cantar com a alma, ao exemplo de When I Was Your Man e Locked Out Of Heaven, mas sem deixar a leveza contagiante de lado, também tem a capacidade de colocar um sorriso no rosto de quem ouve Just The Way You Are ou Marry You, por exemplo. Quando ouço suas músicas eu acredito no que ele canta, acredito em sua história, mas 24k Magic, para mim, não conta nada além de alguém esbanjando dinheiro, pegando menininhas bonitinhas (e fazendo chacota das supostas amigas feias) e sendo mais um idiota. Terminei de ver e a única coisa que senti foi indiferença.

Resta agora aguardar dia 18 de novembro para conferirmos o resultado do álbum completo para termos certeza se esse caminho escolhido continuou ou se foi apenas para chamar a atenção. Bruninho, querido, não esperei 4 anos para ser decepcionada. Olha olha, hein?!

capa_brunomars_magic

Avril Lavigne

Lembram quando eu mostrei o clipe de Here`s To Never Growing Up e disse “Avril, estou aguardando para ver se esse álbum novo vai ser melhor e a gente voltar a se entender, ok?;)“?????
Então, esse dia chegou.

avril_lavigne_album

Na terça-feira agora, dia 5/11 eu tava passeando pela Saraiva e vi o novo CD, chamado Avril Lavigne, para venda. Eu sabia que tinha sido lançado agora, mas não sabia que tinha sido no mesmo dia. Decidi comprar pelos velhos tempos de fã apaixonada (sdds 2002), afinal, já fazia um tempo que estava desanimada com os trabalhos da loirinha. Já fui ouvindo no carro, e, para minha surpresa, adorei o álbum, que é produzido pelo LA Reid, que foi quem descobriu a moça quando ela tinha 15 anos, e produziu o 1º, e melhor, álbum, Let Go. Eles deveriam sempre trabalhar juntos.

Avril Lavigne é novo, é revigorante, tem batidas deliciosas, é pop, é engraçado, é doce, e prevejo vários hits. Sério, de 13 faixas, acho que umas 9 podem ser singles, contando já com os 3 lançados. Deve tá cheio de auto tune nesse cd, pq quando assisti os 2 shows dela aqui em 2011 (foi 2011? hahahahaha) ouvi desafinar várias e várias vezes, mas WHO CARES? O cd tá incrível. MESMO. MESMO. MESMO. Pra nenhum fã de Let Go botar defeito.

Rock n Roll

Apesar de não ter gostado do clipe, achei uma delícia só a música. Animada, com batidas legais, fica mesmo na cabeça. Não a toa, já foi lançado como single, né?

Here`s To Never Growing Up

Bom, eu já manifestei o quanto eu amei essa música, não só por ser deliciosa de ficar ouvindo vezes seguidas, mas pela letra, pelo clipe, pela Avril vestida de Skater girl em homenagem aos antigos fãs e à sua carreira. Uma das minhas preferidas.

17

É a que, na minha opinião, mais lembra o Let Go, mas também é uma delícia de ficar ouvindo. Musiquinha chicletinho, com refrão bem marcado e fácil de ser decorado. Possível single, sim ou claro?

Bitchin` Summer

Das mais agitadas, acho que é a minha favorita. Batida super gostosa, letra despretensiosa, parece música de verão mesmo, quando vc reúne a galera, sabe? Vira single fácil fácil.

Let Me Go (Com senhor Lavigne Chad Kroeger)

Uma música mais calma e com letra um pouquinho mais romântica. Não vou dizer que é a minha favorita, porque não é. Mas tem uma proposta diferente do resto do álbum, eu achei. É o atual single da moça.

Give You What You Like

A baladinha do álbum, e minha favorita. É a mais calma e mais “intensa”, com uma letra menos divertida, e mais honesta. Mais sentimental, mas não melosa. Mas com os mesmos refrões chicletes e potenciais de single. É acústica.

When you turn off the lights
I get stars in my eyes
Is this love?
Maybe someday
So, don’t turn on the lights
I’ll give you what you like

Bad Girl (feat. Marilyn Manson)

É muito rápida essa música e um pouco mais “dark”, claro. Mas é bem divertida, como não poderia deixar de ser. Achei que apesar de improváveis, a parceria deu muito certo.

Hello Kitty

Aqui a Avril volta a falar japonês e é claramente  a que tem a letra mais divertida de todas. É bem animada e rápida também.

You Ain’t Seen Nothin’ Yet

De volta às batidas de possíveis singles, Avril nos traz alegria e energia com essa música, e lembra até um pouco The Best Damn Thing. Gostei muito.

Sippin’ On Sunshine

Mais uma das que eu mais gostei, e que eu acho que faria sucesso se fosse single. Mais uma sobre rapazes, mas isso não é uma coisa ruim, é? Letra chiclete, batida gostosa. Eu adorei muito essa.

Hello Heartache

Aqui a batida fica menos intensa, mas não calma, e eu achei realmente boa. As diferenças entre Avril e algum namoradinho dela realmente se encaixaram muito bem no ritmo.

Falling Fast

Mais uma acalmada no ritmo da música, já anunciando o final do álbum, mas sem perder a qualidade. Aqui a moça conta as coisas boas que esse novo amor trouxe pra ela. Seria sobre o Chad?

Hush Hush

A última música do disco é mais parada, mas não estática. Tem seu ritmo diminuído pra contar a história de um amor que aparentemente não deu certo. Não vou dizer que tá no meu top 5 do álbum, mas com certeza não é ruim. Só é mais calma e dá uma quebrada no álbum que é todo pra cima, mas achei bom porque não parece que “acabou a música no meio da festa” se tivesse sido uma mais agitada. Me lembra mais o álbum Goodbye Lullaby.

Realmente achei o cd muito bom mesmo e traz novos ares pra carreira da moça, que estava precisando, pois a concorrência está grande!! E ela conseguiu com honra, pelo menos eu achei. Remete à aquela cantora que eu conheci no começo de carreira, mas de uma maneira nova, transformada e madura, claro. Avril, parabéns e continue assim, que vc arrasou! 😀
Não consigo parar de ouvir. Já deve ter tocado mais de 10 vezes aqui em casa. Em em menos de 24h.